6 de março de 2013

Bíblia, a Palavra de Deus. Por que? [Especial]


Por Leandro Duarte

A Bíblia passou por incontáveis revisões, edições e adições como alguns dizem? Mike Licona (PhD) nos ajuda nessa questão no vídeo abaixo.

Para ver outras postagens da série Bíblia, a Palavra de Deus, clique aqui e aqui. Ah, e para se inscrever no canal do blog, clique aqui



Volto a colocar aquela citação que usei em outro post:

""Durante dezoito século os incrédulos têm refutado e atacado esse livro e, no entanto, e está hoje firme como uma rocha. Aumenta sua circulação, é mais amado, apreciado e lido do que em qualquer outra época. Com todos os seus violentos ataques, os incrédulos conseguem fazer nesse livro o mesmo que uma pessoa, com um prego para tachinhas, consegue fazer nas pirâmides do Egito. Quando o monarca francês propôs a perseguição aos cristãos em seu território, um idoso estadista e militar lhe disse: 'Majestade, a Igreja de Deus é uma bigorna que tem gasto muitos martelos'. De modo que os martelos dos incrédulos têm, durante séculos, desferidos golpes nesse livro, mas os martelos se gastaram e a bigorna ainda está inteira. Se esse livro não fosse o livro de Deus, os homens teriam-no destruído há muito tempo. Imperadores e papas, reis e sacerdotes, príncipes e governantes, têm todos eles tentado destruí-la. Eles morrem e o livro sobrevive." (H. L. Hastings)

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...