30 de setembro de 2012

Devocionais [4]: Plante a Primavera




Plante a primavera, é o que li em uma placa de um pequeno jardim em minha cidade. Pensar na primavera é lindo, vivê-la melhor ainda. Estação das flores, dos frutos, estação de vida, alegria e esperança. Estação que inspira muitos poetas e compositores.


Já não é muita novidade para alguns de que a nossa vida é comparada a uma árvore, porém pensar na profundidade disto sempre nos trás surpreendentes revelações. 

Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. (Salmos 1:3)

Jesus plantou a primavera para o mundo e o Espírito Santo a cultivou. A plantação de algo nem sempre é  contagiante ou empolgante, mas aquele que descobre a profundidade disto sabe que em tempo certo, na estação própria a semente brotará, nascerá e se bem cuidada, crescerá e conseqüentemente dará frutos e flores. 
Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. (Salmos 126:6)
Para quem se aprofunda mais nesta comparação também compreende de que não importa quem colherá os frutos mas se alegra em saber de que eles serão colhidos e serão bons e gostosos.


Já ouvi muitos sermões sobre o fruto do Espírito de Gálatas 5: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. O que pouco ouvi é que não tem como dar o fruto do Espírito sem estender as raízes aos ribeiros das águas - vivendo e estando no Espírito. Chego a conclusão de que fruto, folhas e flores é conseqüência de uma arvore, não é algo forçado e sim algo natural: é lei da vida.

 Jocteel Salles

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...