20 de janeiro de 2012

Desentendimentos


"Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo" [Cl 2:8]


Antes de dar início a postagem, preciso me desculpar com vocês. O fato é que vários acontecimentos impediram uma postagem nova desde a virada de ano... mas cá estou eu outra vez.

Não é de hoje que versículos bíblicos têm sidos pegos fora de contexto e têm sido usados como pretexto para disseminar discussões e envergonhar o verdadeiro evangelho. Geralmente acontece com o objetivo de fundamentar a opinião daquele que o pegou, ainda que essa opinião esteja totalmente contrária aos ensinos bíblicos, ou simplesmente para apresentar supostas falhas e/ou preconceito exposto nas Escrituras.

O mais perigoso de tudo isso é que muita gente acaba caindo nessas sutilezas e concordando com a visão daquele que disseminou determinada opinião, sem nem ao menos se preocupar se o texto exposto está ou não dentro do contexto. Há algum tempo vi uma frase que define bem isso: um texto fora de contexto vira pretexto... e é realmente verdade.



Há algumas semanas, navegando no Facebook (Aliás, se você ainda não curtiu a página do blog, clique aqui), encontrei a seguinte imagem:




E abaixo dela, vários comentários, compartilhamentos e pessoas curtindo. Típico exemplo de versículos fora de contexto usados para disseminar que a Bíblia, como no exemplo, é um livro preconceituoso. Entenda que, não é a intenção deste post debater o homossexualismo.

Bem, na Bíblia vemos que Deus atua com o homem através das alianças estabelecidas. Aliança é um acordo entre duas ou mais pessoas em que se estabelecem compromissos, deveres e privilégios entre esses envolvimentos. Ambos os versículos citados na imagem são do mesmo livro: Levítico, escrito por Moisés na época em que vigorava a Aliança da Lei.

Juntamente com a Lei, existem também os usos e costumes da época. Os mandamentos que se expandiram para os gentios não mudaram, vigoram até hoje e fazem parte de um rol de deveres universais, que não mudam de acordo com determinada época ou cultura. A prova crucial disso é que muitos se repetem no Novo Testamento, onde prevalece a aliança da Graça (perpetuamente estabelecida), iniciada na cruz pelo sacrifício de Jesus Cristo.


Exemplo: no capitulo 20 do livro de Êxodo (Antigo Testamento) lê-se os 10 mandamentos escritos pelo dedo de Deus em tábuas de pedra. Um deles é "Não matarás" (vers. 13). Esses mandamentos não se moldam pela cultura de Israel, são mandamentos universais, tanto que se repetem no Novo Testamento, em Romanos 13:9. São leis morais que não estão abaixo da autoridade de nenhuma cultura ou costume de nenhum povo. São independentes disso.


Na imagem acima, portanto, vemos que o autor coloca no mesmo patamar uma lei cultural de Israel com uma lei universal. O homossexualismo não é aceito por Deus no Velho Testamento, e continua não sendo aceito no Novo, pois o mandamento se repete em Romanos 1:26-27, o que não acontece com a lei sobre a barba.


Fazendo um paralelo com o mundo contemporâneo, na Escócia existe o costume de homens usarem uma saia que vai até o joelho, o Kilt, o que não é comum aqui no Brasil, pois é algo apenas cultural. Isso não pode ser caracterizado como todo homem que não usa saia esteja errado, ou vice-versa.


Vale tudo para denegrir a imagem na Palavra de Deus... é aquele velho conselho de mãe: Nem tudo o que parece, realmente é. Lembre-se do seguinte: até Satanás usou versículos isolados da própria Bíblia contra Jesus para fundamentar seus conselhos e fazer este pecar enquanto estava sendo tentado no deserto (cf. Mateus 4:1-11).


Leandro Duarte

Um comentário:

  1. Achei interessante o que você escreveu no blog Forte Fundamento. É muito importante citar que versículos bíblicos têm sidos pegos fora de contexto e têm sido usados como pretexto para disseminar discussões e envergonhar o verdadeiro evangelho, fazendo com que se denigra a imagem da Palavra de Deus.

    ResponderExcluir


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...