1 de outubro de 2011

Bíblia, a Palavra de Deus. Por que? [Parte I]



De acordo com o dicionário apenas uma reunião de livros. De acordo com algumas pessoas, a reunião de alguns documentos adulterados ao longo dos anos que fazem a cabeça das massas. De acordo com outras, apenas mais um, dentre tantos livros religiosos. E de acordo com outras, e me incluo nessa, a Palavra de Deus.


Vou dividir esse espaço em algumas partes, cada uma abordando alguns assuntos peculiares com relação a Palavra de Deus e algumas singularidades que a Bíblia apresenta em relação aos demais livros religiosos.


1. "Autores"

"sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo. " (II Pedro 1:20-21)


Coloquei propositalmente Autores entre aspas porque na verdade há um só autor para a Palavra de Deus, o próprio Espírito Santo, como escrito acima.


Mas vista pela ótica humana, foi escrita por aproximadamente 40 autores, que não se conheceram:
- Moisés, líder político que estudou nas "universidades" do Egito
- Pedro, um pescador
- Amós, um boiadeiro
- Josué, um general
- Neemias, um copeiro
- Lucas, um médico
- Mateus, um cobrador de impostos
- Paulo, um rabino.


2. Lugares, Condições, Circunstâncias e Idiomas.
Foi escrita em um período de quase 1500 anos, durante mais de quatro gerações. Escrita em lugares como o deserto (Moisés), uma masmorra (Jeremias), uma colina e um palácio (Daniel), dentro de uma prisão (Paulo), durante viagens (Lucas), na ilha de Patmos (João), em uma campanha militar (Josué). 


E misturado a isso tudo as condições em que foram escritas, por exemplo: Davi em tempos de guerra e Salomão em tempos de paz. Uns escreveram durante o auge da alegria, enquanto outros durante profunda tristeza e desespero.


Foi escrita em três diferentes continentes: Ásia, África e Europa e em três idiomas distintos: Hebraico, Aramaico e Grego.


3. Coerência
Apesar de escrita por diversos homens, em diferentes épocas e circunstâncias, seus "autores" foram coerentes e harmoniosos em seus dizeres, desde Gênesis até Apocalipse.E ainda que alguns temas gerem opiniões divergentes, a base central da Bíblia é uma única história que vai se revelando: A redenção do homem por parte de Deus, através da figura de Jesus Cristo. Nenhuma outra "religião" do mundo possui um deus capaz de se fazer em forma humana para reconciliação com sua criação caída.


Adaptado de: "Evidencias que Exigem um Veredicto I",
Josh McDowell.

Leandro Duarte

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...